Ave, Totti! Roma vence de forma dramática no fim na despedida do maior ídolo de sua história

Escrito por: Redação

 

Não faltavam elementos para justificar a importância da vitória da Roma por 3 a 2 sobre o Cagliari.

 

O duelo valia a segunda posição no Campeonato Italiano e a vaga direta na próxima edição da Uefa Champions League. Para o atacante bósnio Dzeko, era uma chance de garantir a artilharia da competição. Poderia ser ainda a temporada com mais gols anotados e pontos somados na história da Série A pela equipe giallorossi.

 

Tudo isso, porém, ficou em segundo plano para o torcedor romanista. Era dia de saudar pela última vez Francesco Totti, maior ídolo da história do clube.

 

Antes de a bola rolar, ele foi saudado por todos os presentes no Estádio Olímpico de Roma, que o aplaudiram de pé assim que adentrou ao gramado. Além das muitas bandeiras, foi realizado um mosaico em agradecimento.

 

A estreia do jogador entre os profissionais foi no dia 28 de março de 1993, quando, com apenas 16 anos e 28 dias de idade, entrou em um jogo contra o Brescia.

 

Nestes 24 anos, Totti tornou-se o jogador com mais partidas pelo clube (786), e também o maior artilheiro de sua história (307 gols em jogos oficiais).

 

Faturou um Campeonato Italiano (2001), duas Copas e duas Supercopas da Itália. Vestindo a camisa 10 da seleção italiana, foi também campeão do mundo em 2006.

 

Além disso, Totti é o atleta que mais jogou e balançou as redes no clássico contra a Lazio: foram 44 jogos e 11 gols.

 

Ave, Totti! C’est solo uno capitano!

 

 

 

 

 

 

Fonte: ESPN

Website Pin Facebook Twitter Myspace Friendfeed Technorati del.icio.us Digg Google StumbleUpon Premium Responsive

Deixe seu comentário